NO AR

Música Variada da nossa Playlist

Com: Auto-DJ
Horário: Visualize a Programação
RELÓGIO

Sugestões Musicais
  • 1
    Trio Nova Era

    Trio Nova Era

    Igreja de Santo Estevão
  • 2
    Maluma

    Maluma

    Felices los 4
  • 3
    Fusiforme

    Fusiforme

    Eu bebi
  • 4
    Né Carneiro

    Né Carneiro

    Quijote
  • 5
    Luis Fonsi (ft. Daddy Yankee)

    Luis Fonsi (ft. Daddy Yankee)

    Despacito
  • 6
    Hernâni & Sérgio

    Hernâni & Sérgio

    Com a mesma pedra
  • 7
    Duo Canela & Mel

    Duo Canela & Mel

    Buena sera
  • 8
    Miguel Alexandre

    Miguel Alexandre

    Eu confiava em ti
  • 9
    Duo Jorge & Filipe

    Duo Jorge & Filipe

    Nem de uva nem de menta
  • 10
    Alberto Montoya

    Alberto Montoya

    Aqui neste lugar
  • 11
    Ricas Martin

    Ricas Martin

    Ainda te amo
  • 12
    Trio Clave

    Trio Clave

    Trigueirinha
  • 13
    Irmãos Verdades

    Irmãos Verdades

    Funaná da morena
  • 14
    Ricky Martin ft. Maluma

    Ricky Martin ft. Maluma

    Vente pa ca
PÁGINA DO FACEBOOK

GLOBO ORIGINAL DESDE 2012


REDES SOCIAIS
            
APP PARA TELEMOVEIS

Baixe a aplicação para Android no Play Store e oiça-nos no seu telemóvel com ligação à internet. Obrigados Piscadela

 

 

 

ESTATÍSTICAS
   Visitantes:  28600
    Usuários Online:  1
GOSTOS DO NOSSO SITE

 

Notícias » Mundo

06 de Novembro de 2017
Reino Unido
Detida no Egito com comprimidos para as dores de costas do marido
Clique para ampliar

Uma mulher britânica enfrenta uma pena entre 25 anos de prisão ou a morte, depois de ter sido apanhada pelas autoridades egípcias a entrar no país com 290 comprimidos de um medicamento opiáceo para as dores de costas do marido, um cidadão egípcio.

Laura Plummer, de 33 anos, foi detetada no aeroporto de Hurghada a 9 de outubro, durante uma das visitas regulares que fazia ao Egito para visitar o marido, que sofre de dores de costas devido a um acidente de carro. Ainda no aeroporto, depois de ver a mala revistada, a mulher terá assinado um documento com 38 páginas em árabe, julgando que seria libertada, mas acabou por ser detida, revela o jornal "The Guardian".

Em desespero, a família da mulher que se encontra há quase um mês detida tem recorrido aos meios de comunicação social para divulgar o caso e tentar exercer pressão sobre as autoridades egípcias. Segundo o irmão, um colega de Laura deu-lhe o medicamento quando ela referiu as dores de costas do marido, mas ela não sabia de que se tratava.

Apesar de o Tramadol ser um medicamento utilizado no Reino Unido e em Portugal mediante receita médica, é proibido no Egito por ser considerado um substituto para a heroína. A família acredita que a mulher está detida sob acusação de tráfico de droga, apesar de "não fazer ideia de que estava a fazer algo de errado".

Laura conseguiu enviar uma mensagem ao pai a pedir ajuda, mas o telemóvel foi desligado. A mãe e irmãs já a visitaram no Egito e dizem que, devido ao stresse, a mulher britânica começou a perder cabelo. "Está irreconhecível", diz o irmão, depois de ouvir as descrições feitas pela família que a visitou.

O Governo britânico está a acompanhar a situação.


+ NOTÍCIAS

10/03/2018
Brasil
07/03/2018
EUA

Copyright © 2018 - Rádio Gondomar Mix