NO AR

Música Variada da nossa Playlist

Com: Auto-DJ
Horário: Visualize a Programação
RELÓGIO

TOP 12 da RGM Semana: 32/17
  • 1
    A.M.Diapasão

    A.M.Diapasão

    Quem foi que disse
  • 2
    Julio Iglesias

    Julio Iglesias

    Quijote
  • 3
    Duo ArtMuzik

    Duo ArtMuzik

    Não vou mostrar o pau
  • 4
    Trio Kids Flash

    Trio Kids Flash

    É verdade
  • 5
    Duo Art Band

    Duo Art Band

    Pensava em ti
  • 6
    Trio Clave

    Trio Clave

    Como é que eu posso
  • 7
    Duo JR

    Duo JR

    Jura que não me enganas
  • 8
    Luis Fonsi

    Luis Fonsi

    Despacito feat. Daddy Yankee
  • 9
    Renan & Ray

    Renan & Ray

    O troco
  • 10
    José Ricardo

    José Ricardo

    Anjo da Madrugada
  • 11
    Tony Carreira

    Tony Carreira

    Sem ti não sei viver
  • 12
    Santamaria

    Santamaria

    Não Sejas Assim
  • 13
    Para votação neste top

    Para votação neste top

    Clique na seta, escreva o nome do artista, para novas entradas envie-nos a sua sugestão musical
PÁGINA DO FACEBOOK

GLOBO ORIGINAL DESDE 2012


REDES SOCIAIS
            
SIGA-NOS NO TUNEIN

 Baixe a aplicação para Android no Google Play e oiça-nos no seu telemóvel com ligação à internet. Obrigados Piscadela

ESTATÍSTICAS
   Visitantes:  16498
    Usuários Online:  1
GOSTOS DO NOSSO SITE

 

Notícias » Desporto

07 de Junho de 2017
Piloto desmaia em cima da mota mas continua a andar
Um piloto britânico de Superstock 1000 foi o protagonista, no último fim de semana, de um bizarro acidente, que podia ter terminado com consequências catastróficas para Joshua Boyd.
Clique para ampliar

Durante um "track day", dia aberto no circuito inglês de Snetterton, Boyd foi atingido pelas peças do motor de um outro motociclista que seguia à sua frente.

https://youtu.be/d5HUmfPuefY

O insólito do acidente, do qual escapou sem ferimentos graves, é que Joshua Boyd desmaiou com o impacto, mas continuou em cima da mota por mais alguns metros, caindo apenas momentos antes do violento embate contra as barreiras de proteção. O impacto final terá ocorrido a mais de 200 quilómetros por hora.

A recuperar dos hematomas e cortes que sofreu, o britânico recorreu ao Facebook para criticar a organização da pista e o outro piloto, que não teve atenção à manutenção da mota que conduzia.

"É doentio pensar que os organizadores do "track day" são rápidos a proibir-te de entrar no circuito se os níveis de ruído estiverem 1db acima do limite, mas não verificam se as máquinas estão preparadas", escreveu Boy, que revela não ter qualquer recordação do acidente.


+ NOTÍCIAS


Copyright © 2017 - Rádio Gondomar Mix